DE   ·   EN   ·   PT   ·   ES


Os agricultores de Capanema pedem o banimento imediato do Endosulfan, Paraquat e Methamidophos. As três substâncias são altamente tóxicas.

Endolufan é um "POP", isto é, segundo a Convenção de Estocolmo, um poluente com decomposição muito lenta no meio ambiente. Este produto é usado como pesticida nas lavouras, por ser muito volátil, se espalha rapidamente pelo ar, poluindo todo o ambiente ao redor da lavoura onde foi aplicado.

Vendas Mundiais

Há mais de 50 anos, a Hoecht AG, criou o Endosulfan. Posteriormente a Hoecht se tornou Aventis, que teve sua divisão de pesticidas, incorporada pela Bayer CropScience. O Endosulfan é proibido na Alemanha desde 1991. Porém, depois desta data, a Bayer continuou a produzir e vender o produto mundialmente. Além disso, a produção continua sendo feita por outras empresas em países como India, China e Israel. Mais de 60 países, incluindo a União Européia, Estados Unidos, Suiça e alguns países africanos baniram o Endosulfan.  Além disso, existe um movimento que busca incluir o veneno na lista da Convenção de Estocolmo, para que o banimento tenha abragência global.

Cuidado Veneno!

Endosulfan, Paraquat e Methamidophos são altamente tóxicos mas ainda podem ser usados como pesticidas em alguns países. Nos países em desenvolvimento, centenas de agricultores morreram por intoxicação após contato direto com estas substâncias. Alguns casos podem ter ocorrido, devido ao uso sem a proteção adequada, porém a exposição continuada a este pesticida, provoca a contaminácão do ar, da água e das terras da região.
Mais informações:
Endosulfan: www.panna.org   
Endosulfan News: www.pan-germany.org 
Paraquat: www.stop-paraquat.net

PDF Download - EJF (2009): End of the Road for Endosulfan (englisch)
Share |




FEINHEIT Grafik Zürich – CI/CD, Webdesign, Flash, Webshop, XHTML/CSS